Alimentação Saudável

Metabolismo lento? Entenda porque não se deve negligenciar o sono

/
3 0
Metabolismo lento? Entenda porque não se deve negligenciar o sono
Tempo de leitura: 3 min

A pressão diária da vida pessoal e do trabalho pode causar algumas perturbações no momento de dormir. No entanto, o número de horas dormidas e a qualidade do sono têm influência direta na nossa saúde e, quando não são suficientes, aumentam as chances de ocorrência de distúrbios metabólicos e do metabolismo lento.

Esses problemas afetam diretamente o nosso bem-estar e, por isso, é importante ficar atento aos perigos de negligenciar o sono e conhecer quais hábitos você deve manter para melhorar sua qualidade de vida.

Ficou interessado e quer saber mais sobre o assunto? Então, continue a leitura!

Principais sinais de distúrbios metabólicos

Quando não dormimos as horas necessárias em um dia, o nosso corpo envia recados em forma de irritabilidade e alterações de humor, o que significa que o nosso metabolismo está desequilibrado.

A dificuldade em aprender também entra na lista de sintomas dos distúrbios metabólicos, e isso motivou os especialistas a desenvolverem estudos — publicados nas revistas Nature Neuroscience e Education Next —, que recomendam que o início das aulas do turno da manhã não seja tão cedo.

Outras consequências da negligência com o sono são os problemas visuais, como visão dupla e perda das visões periférica e obscura. Desse modo, se você passa muito tempo acordado, há maiores chances de ter erros visuais e alucinações.

Hormônio do sono e suas múltiplas funções

Se você já ouviu falar no hormônio do sono, a melatonina, deve saber que ele é fundamental para a sua qualidade de vida, e que a sua produção é estimulada na escuridão e inibida na claridade. É a partir dele que há a regulação dos níveis de glicose no sangue e no metabolismo do tecido adiposo. Por esse motivo, uma das consequências da falta de descanso adequado pode ser a diabetes tipo 2.

Além disso, para quem precisa perder peso ou mantê-lo, mas tem dificuldades, é recomendado ter ainda mais atenção com a qualidade do sono. Quando ficamos muitas noites sem dormir direito, nosso metabolismo e nossos hormônios ficam desequilibrados, o que contribui para o aumento da massa corporal.

E não para por aí! Uma pesquisa brasileira apontou que a melatonina também ajuda a prevenir enxaquecas em pessoas que possuem crises frequentes. Então, quando o problema ocorre, pode ser um sinal de que os níveis do hormônio estão baixos.

Relação entre metabolismo lento e ganho de peso

Não dormir as horas necessárias para o seu corpo descansar e regenerar pode estimular um hormônio responsável pelo aumento do apetite, a grelina. Quanto maior for a sua produção, ou seja, quanto mais cansado o seu corpo estiver, maior será a sua fome.

Um outro hormônio que influencia no ganho de peso é a leptina, que nos avisa quando estamos satisfeitos e pode ser diminuído com a baixa qualidade do sono. Por isso, para evitar o metabolismo lento, é importante manter hábitos saudáveis, como ter horários regulares para dormir, fazer exercícios físicos diariamente e praticar atividades como meditação para relaxar o corpo e a mente.

Você gostou deste texto sobre metabolismo lento e qualidade do sono? Então, aproveite a visita e assine a nossa newsletter! Assim você recebe nossas atualizações na sua caixa de entrada.

Farmácia Extrato

Dicas sobre saúde, cuidados com a pele, corpo, cabelos e bem-estar.

Posts Relacionados
/

A pressão diária da vida pessoal e do trabalho pode causar algumas perturbações no momento de…

/

A pressão diária da vida pessoal e do trabalho pode causar algumas perturbações no momento de…

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Scroll Up