Cuidados com o corpo

Saiba o que é low poo e como funciona esse tipo de lavagem capilar!

/
1 0
Já ouviu falar em low e no poo? Descubra tudo sobre essa técnica de lavagem capilar que vem mudando a forma de cuidar dos cabelos.
Tempo de leitura: 4 min

Low poo, no poo, co-wash, sulfatos, petrolatos. Os termos são tantos que você, provavelmente, fica confusa quando tenta entender melhor sobre os tipos de lavagem capilar e seus benefícios. No ocidente, acreditamos que espuma é sinônimo de limpeza e, por isso, nosso cabelo só está verdadeiramente limpo após uma boa lavagem com muito shampoo e condicionador.

Mas não é bem assim. As técnicas de lavagem menos agressivas com pouco ou nenhum shampoo apresentam excelentes resultados e ainda proporcionam muitos benefícios para manter seus fios saudáveis. Quer entender melhor o que é low poo e no poo? Confira neste post!

Como surgiu essa ideia?

Tudo começou quando uma cabeleireira inglesa, Lorraine Massey, verificou que os shampoos tradicionais não eram tão interessantes assim e, na verdade, promoviam uma limpeza muito agressiva. Isso porque, em sua composição, eles contavam com sulfatos.

Os sulfatos são agentes limpantes encontrados também em detergentes de louça. Eles são responsáveis por manter os fios limpos e eliminar os resíduos e sujeiras, no entanto, são tão potentes que retiram toda a oleosidade natural dos fios, deixando-os mais ressecados.

Percebendo isso, Lorraine passou a experimentar lavar os cabelos apenas com uma mistura de água, óleos essenciais e condicionador e, assim, notou que seus cabelos ficavam limpos e muito mais bonitos. Assim foi criada a técnica no poo, ou seja, sem shampoo.

O que é low poo?

Entendemos então que o no poo refere-se à limpeza sem nenhum shampoo, mas e o low poo? Low poo, ou pouco shampoo, é uma técnica menos radical em que é permitido utilizar shampoo, desde que ele não tenha sulfatos.

Produtos específicos para low poo contam com outros componentes para limpeza — os agentes surfactantes, mais suaves e gentis com o couro cabeludo. Portanto, na hora de identificar o produto certo, é importante ficar atento ao rótulo:

  • Sulfatos proibidos para no e low poo: Sodium laureth sulfate, Sodium Trideceth, Sodium lauryl ether sulfate, Sodium laurilsulfate, Ammonium Lauryl Ether Sulfate, Ammonium lauryl sulfate;
  • Agentes surfactantes liberados para low poo: Cocamidopropyl Betaine, Lauryl Sulfoacetate, Sodium Lauroyl Sarcosinate, Sodium Cocoyl (ou Lauryl/ Lauroyl) Sarcosinate.

Quais as diferenças entre low e no poo?

A principal diferença entre as técnicas é o uso ou não de shampoo. Enquanto no low poo o usuário pode fazer uso de shampoos com agentes surfactantes, o no poo bane totalmente esses agentes limpantes e realiza a lavagem somente com condicionador, o chamado co-wash.

No entanto, existem outras especificidades. Como essas técnicas não usam agentes potentes de limpeza, alguns outros componentes precisarão ser abandonados, tanto nos shampoos quanto em condicionadores, máscaras e finalizadores. É o caso dos componentes derivados do petróleo como o óleo mineral, a parafina e os petrolatos.

Esses ingredientes precisam do shampoo tradicional, ou seja, com sulfato, para serem totalmente retirados nas lavagens. É importante ressaltar que, caso não sejam removidos completamente, podem causar acúmulo e impedir a entrada de nutrientes, deixando o cabelo mais frágil.

Já no caso dos silicones, a restrição varia de acordo com a técnica utilizada. Quem faz low poo pode utilizar produtos com esse material normalmente. Já para os adeptos do no poo, estão liberados somente os silicones solúveis em água — por exemplo, o Dimethicone Copolyol e o PEG-3 Dimethicone.

Quais os benefícios do low poo?

Abandonar o uso de sulfatos traz muitos benefícios, principalmente para quem tem cabelos cacheados e crespos. Isso porque esse agente limpante retira toda a oleosidade do couro cabeludo e dos fios, causando ainda mais ressecamento nesse tipo de cabelo que já apresenta uma proteção natural reduzida.

A técnica também auxilia na resposta dos fios a tratamentos mais potentes como umectações e cronogramas capilares. Além disso, possibilita lavagens mais espaçadas, econômicas, fáceis, sem cabelos embolados e proporciona brilho, redução de frizz e definição.

Aderir as técnicas de no e low poo é uma boa ideia para cuidar dos cabelos de forma mais natural e sem agentes agressivos. Contudo, é importante salientar que cada cabelo é único e, por isso, é preciso testar para saber se essa é a melhor forma de lavagem para você.

Agora que você já sabe o que é low poo, conheça outros cuidados para deixar o seu cabelo saudável e bonito!

Farmácia Extrato

Dicas sobre saúde, cuidados com a pele, corpo, cabelos e bem-estar.

Posts Relacionados
/

Low poo, no poo, co-wash, sulfatos, petrolatos. Os termos são tantos que você, provavelmente, fica…

/

Low poo, no poo, co-wash, sulfatos, petrolatos. Os termos são tantos que você, provavelmente, fica…

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Scroll Up